Pages

sábado, 26 de setembro de 2009

Ele não está tão afim de você



A sexta-feira ontem não foi de night, barzinho ou sambinha. O dia, ou melhor, a noite estava perfeita para um foundee com um vinho.
Aluguei um filme com mais duas amigas: " Ele não está tão afim de você" e "Foi apenas um sonho" e começamos a ver logo depois de ver o strip quiz de Juliana Paes e Rodrigo Lombardi, no programa "Amor e Sexo" da Fernanda Lima, que por sinal foi engraçadíssimo.
Começamos com "Ele Não está tão afim de você". O filme é BEM mulherzinha, mas muito bom. A trama mostra diversas situações parecidas com as que vemos no dia a dia e eu me identifiquei em várias.
Fala sobre o carinha que sai com as mulheres e nunca liga, o cara que não quer casar e depois de 7 anos de namoro a mulher acha que está sendo enrolada, fala sobre um cara que é casado mas não é feliz e tem um caso amoroso com uma outra mulher, fala sobre o cara que tem medo de se apaixonar e fala sobre a mulher esperaçosa que existe dentro de todas nós.
Vejo isso em muitas amigas e até mesmo em mim que mesmo depois de desilusões e não-telefonemas, ainda tem esperança de se apaixonar novamente.
Vivo escutando casos de amigas que levaram pé na bunda, outras deram o pé na bunda, outras que vivem se perguntando se deve ligar ou esperar que o cara ligue, outras que não sabem se são namoradas ou rolos e achei o filme bem "Acorda pra vida minha filha".
Quem nunca deu uma desculpa por um cara para uma amiga que estava sofrendo a fim de consolar a dor alheia?
Do tipo: - Poxa eu sai com ele no sábado passado e já faz quase uma semana, você acha que ele vai me ligar?
Ai a amiga vai e diz: -Que nada boba, ele deve estar atolado no trabalho, ou então está viajando e não teve como ligar. E te digo mais, teve uma prima de uma amiga minha que saiu com um cara e ele só ligou 10 dias depois e hoje eles são casados e muito felizes (sempre tem uma história de final feliz de consolo).
Uma coisa é certa e vemos no filme, se o cara quer de verdade uma mulher, não há trabalho, viagem ou empecilho que atrapalhe, ele vai dar um jeito de ligar ou encontrar. Nem que pra isso ele revire o mundo de cabeça pra baixo.
Nós amigas, estamos sempre dando uma desculpa pro cafajeste que some e encubrindo assim sua falta de compromisso quando diz que vai ligar.
Tentando entender porque isso acontece não cheguei a nenhuma conclusão certa, mas acho que fazemos isso porque é o que gostaríamos de ouvir num momento desses. Poupamos o sofrimento alheio porque sabemos que é isso que gostaríamos que fizessem com a gente.
Afinal de contas é muito melhor acreditar que o cara está atolado no trabalho do que acreditar que ele não tem interesse por você.
Isso acaba com o dia de qualquer um, seja homem ou mulher. O sentimento de rejeição é um dos piores e pode ser que o encontro nem tenha sido tão bom, mas parece que temos uma necessidade incrível que as pessoas gostem da gente.
Temos o direito de não gostar, mas gostaríamos que todos nos amassem. Acho que é mais ou menos por aí...
Pra quem gosta desse gênero de filme eu recomendo. Ele(a) pode até não estar tão afim de você, mas em todas as regras existem exceções e fugindo ou não das relações o velho ditado é o que fica: "Sempre existe um chinelo velho para um pé cansado".

10 comentários:

N@ty Ferreira disse...

Não gostei tanto do filme, de fato MUUUITO mulherzinha! Mas tb não é dos piores....quanto ao texto eu gostei bastante desse! Acho que ficou mto bom. Concordo que realmente quem quer dá seu jeito e não há empecilho que atrapalhe...

Bom o que mais gostei do texto foi o final, pois assim como filme, me fez lembrar que um dia vamos encontrar a nossa "exceção" e ser a "exceção" de alguém!!!
FUI...

N@ty Ferreira disse...

ahhh um outro comentário...adorei o "pq podemos nem gostar, mas queremos que todos gostem de nós"(algo do tipo)..rssss
muito verdade, né?! às vezes nem estamos mais a fim, mas a outra pessoa tem que estar pro resto da vida interessado na gente...hehe

Juliana Ribeiro disse...

Obrigada Naty!!!
Achei mto bacana a parte do filme que fala da exceção, é um filme bem realista mas tb não é pessimista.

manu_praia disse...

Bom como não vi o filme, apenas dormi durante, ainda não posso tecer comentários.... ops depois de uns copos de vinho e fondue gororoba....só um soninho...rsrsrrssr

Ah...quero pavê!

manu_praia disse...

Ainda bem que depois desse filme não rolou outra feira dos párá....rs

N@ty Ferreira disse...

hauhauhauhau
pois é...estamos melhorando nossas "festas no apê"...de feira dos paraíbas a fondue com vinho...rsss
Espero que o pessoal da praia venha na próxima!!!!

Juliana Ribeiro disse...

Andamos melhorando msm, da próxima vez a gente liga p galera d praia, mas ai vai ter q botar mais água nesse foundee p render...rs

manu_praia disse...

hauahuahauahauahua...ainda bem que vcs lembraram da galera da praia!! Vai ficar m,elhor que via show..

ReZiNhA Berthi disse...

Xeretando blogs vi esse post e concordo plenamenteee com tudo q escreveu... rsrs.. alias eu vo ate aluga esse filme.! otro do genero q vi e recomendo eh a verdade nua e crua.! muito bom tb.. ^^ to te seguindo! bjuus!

Juliana Ribeiro disse...

Nossa eu quero mto ver esse filme tb!!!Espero pegar antes q saia do cinema!rs
bjaooo